quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Gratidão.


Pedem-nos coisas. Oh tantas coisas que nos pedem!
[esqueçam os pedidos ao balcão] 

E como pedem...
Descaradamente. Subtilmente. Humildemente.
[esqueçam os pedintes de rua]

Pedir, não é apenas um acto pobrezinho, ou mesquinho, ou banal. Se evocarmos os pedidos, oh tantas coisas que nos pedem! Objectos, favores, opiniões. Tudo muito mais do que coisas.
Rodeiam-nos. Ronronam. Encostam-se.  
Encostam-se a nós - é certo - se lhes podermos valer em ambições, em desesperos, em riso, ou prazer.
[pedir, é também saber encaminhar objectivos]

Por vezes, é preciso ter lábia, ou então, ser-se gracioso e agradecido. Espera-se gratidão? Talvez. Talvez seja obrigatório. Talvez uma estima reconhecida, uma retribuição emocional que faz bem de parte a parte. Apenas isso ou querer-se-á uma Grandiosa Reverência Abrangendo Tudo, Incluindo Dádivas, Amor, Obséquio?
Mz
Gratidão

Imagem:Kelly rae roberts
pesquisa google 

25 comentários:

Carolina Tavares disse...

Achei difícil desenvolver o tema e por enquanto nada me veio, embora tenha me vindo muito. Estranho, contraditório e enigmático.

Gostei das palavras usadas com as letras da palavra gratidão.

Beijos

Carolina Tavares disse...

Achei difícil desenvolver o tema e por enquanto nada me veio, embora tenha me vindo muito. Estranho, contraditório e enigmático.

Gostei das palavras usadas com as letras da palavra gratidão.

Beijos

Carolina Tavares disse...

Achei difícil desenvolver o tema e por enquanto nada me veio, embora tenha me vindo muito. Estranho, contraditório e enigmático.

Gostei das palavras usadas com as letras da palavra gratidão.

Beijos

Carolina Tavares disse...

Achei difícil desenvolver o tema e por enquanto nada me veio, embora tenha me vindo muito. Estranho, contraditório e enigmático.

Gostei das palavras usadas com as letras da palavra gratidão.

Beijos

João Roque disse...

Admiro a tua fidelidade e capacidade de adaptação sempre muito correcta ao projecto da "Fábrica de Letras".

✿ chica disse...

Que maravilha!!!
Foste brilhante ao abordar o tema!!Adorei! beijos praianos,chica

Mz disse...

Carolina, quadriplicaste o comentário :))))

No meu entender, agradecimentos banais não se incluem no conceito de GRATIDÃO.

Gratidão é muito mais do que agradecer o trivial.
Contudo, quem nos mostra a simplicidade do dia a dia com inteligência e grande saber, todo este meu conceito cai por terra porque são as grandes banalidades que nos ensinam e abrem os horizontes da vida. E damos connosco gratos por toda a aprendizagem a conta gotas.

Falar de gratidão, leva-nos a imensos caminhos da vida, basta canalizarmos um tema.

Será a "Gratidão" um estado de consciência para com alguém físico ou divino em que por vezes não se apanham as palavras certas para definir?

Podemos sempre falar do que nos leva a ter essa consciência.

Tão fácil e tão complexo...



Um beijo do meu mar e boa reflexão!

Mz disse...

João, gostaria de participar mais em temas coletivos para além da Fábrica de Letras. Acho que são bons estímulos de escrita.

Obrigada pela tua dedicação aos bloguers num registo mais monótono, como é o meu caso :)

Bj**

Mz disse...

Chica, tu é que és uma maravilha, consegues irradiar sempre um optimismo que até ficamos mesmo convencidos :))))

Beijos e boa praia, boas férias!
Aqui chove e a humidade até parece que entra nas profundezas da alma:)))) Estou constipada :(

Lilá(s) disse...

Peço-te que continues assim brilhante!
Bjs

El Matador disse...

Gostei. Ainda que como antigo participante saiba da ginástica que tem que ser feita para, às vezes, entrar no tema do mês.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá

Gratidão
é uma forma
de abraçar
a esperança
e acordar
sentimentos suaves
adormecidos
em nossas vidas.

Que todos os dias
os sonhos nasçam em ti,
como nasce o sol pela manhã...

Mz disse...

Lilás, tu ajudas este espaço a não se submeter à escuridão.

Obrigada,
Bjs

Mz disse...

El Matador, os temas nem sempre nos agradam.

Eu gostava de ir a votos com propostas de temas mensais como era no início. Muito mais interactivo!

Mz disse...

Olá Aluísio!
agradecer a vida, todos os dias e nunca deixar de sonhar é o lema da sobrevivência humana no meio de tanta adversidade.

Obrigada.

manuela baptista disse...

gratificadamente bonito!

já agora,
posso pedir que continues a escrever?

:))

um abraço, Mz

Mz disse...

Ohhhh a fazer um pedido menina Manuela Baptista?

:)))

Abç

Brown Eyes disse...

MZ gostaria imenso de poder participar mas isso implica muito tempo já que eu compreendo a participação escrevendo e lendo o que é publicado, infelizmente não tenho esse tempo. Gratidão para mim é mais que retribuição, é um sentimento eterno e impagável. Desenvolveste muito bem o tema. Um beijinho

Rafeiro Perfumado disse...

Não gosto que me peçam, prefiro ter a iniciativa de oferecer. Só assim se sabe que a gratidão é sincera... ;)

Isa Lisboa disse...

O que posso dizer hoje sobre gratidão? Que estou grata por ter lido este texto!

Beijos, boa semana

Mz disse...

Brown Eyes, gratidão é de facto um sentimento eterno e impagável.

A minha forma de ver a Fábrica de Letras é diferente da tua, ela promove a escrita acima de tudo. Se ninguém abordar os temas, é o fim.

Bjnhs

Mz disse...

Rafeiro Perfumado, cavalheiro mui nobre, qual rafeiro qual quê!

:)

Mz disse...

Isa Lisboa,

Agradeço e desejo-te um bom fim de semana.

Bjs**

manuela baptista disse...

haverá sim,

ainda não chegou a primavera e já as azedas cobrem os campos da serra de Sintra

astutos seremos


um abraço, Mz

Mz disse...

Pensei que tinha perdido o seu comentário! Mas afinal anda por aqui :)


Manuela, as azedas são lindas, mas custam a saborear:(

Venha daí essa astúcia!

Um abraço